História do Sensor Parking

12345 (30 votes, average: 3,43 out of 5)
Loading...

História do sensor de ré

 

Antigamente os sensores de estacionamento pertencentes somente em carros importados eram tipificados como itens de luxo, o que na época se remetia a um conforto desnecessário ou um requinte à mais. Em meio a tecnologia e com o passar dos anos o mercado automobilístico cresceu, tornando assim, o acesso a estes acessórios mais amplo, fazendo assim o motorista entender a importância que esse produto proporciona quando analisado o real funcionamento.

Existem diversos modelos de sensores sendo os mais utilizados os de ultrassonografia e os eletromagnéticos. Os modelos de ultrassonografia dividem-se em dois submodelos, os de 4 e 8 pontos. Esses pontos são os receptores aplicados no para-choque do veículo, podendo variar de acordo com o tamanho do veículo.

 

 

O funcionamento do sensor de estacionamento

Tipo de sensor de estacionamentoPode-se dizer que o sensor ultrassonográfico funciona através de sinais auditivos imperceptíveis ao ser humano, que por sua vez são remetidos aos objetos constantes no local do estacionamento. Uma vez rebatido esse sinal os pontos receberem a informação e repassam ao condutor a distância exata do obstáculo. Geralmente nesses modelos o condutor é avisado através de ruídos que variam de acordo com a intensidade e proximidade dos objetos. Já o sensor eletromagnético é dedicado a todos os tipos de veículos, sendo vedados somente os com para-choques metálicos, pois o sinal pode ser prejudicado pela interferência de metais. Este sensor geralmente é utilizado em utilitários e SUV’s, sendo que para instalação se faz necessária a retirada do para-choques e a aplicação de uma fita na base do veículo.

Para os motoristas mais exigentes existe a possibilidade de se combinar o sensor de estacionamento com a visualização da imagem do local. As câmeras de ré geralmente são instaladas nos para-choques do veículo sendo que em veículos maiores ainda existe a possibilidade de se instalar a câmera no vidro traseiro do carro. Geralmente as imagens são transmitidas através de dvd’s ou kits multimídias. Os preços variam de acordo com a necessidade e gosto do consumidor, possuindo preços praticados de de R$ 90,00 a 1.000,00.

Com tanta tecnologia em prol do motorista, a adesão dessas “necessidades” são quase que obrigatórias, uma vez que o acessório traz uma segurança maior ao condutor tornando uma manobra mais complexa em algo simples e básico.


Dúvidas?






Política de Privacidade
Top  blogs Automotive blog Online Marketing